Proposta de Deputada gera nota de repúdio e preocupação com o futuro da preservação do Meio Ambiente na Baia da Ilha Grande

Desde que a Deputada Célia Jordão, esposa do Prefeito de Angra, anunciou que pretende municipalizar a APA de Tamoios, a parlamentar tem sido alvo de diversos questionamentos sobre a efetividade da medida em relação a proteção do Meio Ambiente na Baia da Ilha Grande.

O Projeto determina que o plano de manejo da área de proteção ambiental se adapte ao plano diretor, à lei de uso do solo e outras regras de cada município.

Em um primeiro momento, 15 entidades ligadas a proteção do Meio Ambiente fizeram uma manifestação em repúdio a proposta, o que colocou a medida nos holofotes e na berlinda. Depois, o próprio partido que elegeu a Deputada, o Patriotas, divulgou uma nota oficial em suas redes sociais em repúdio a municipalização da APA.

“O Partido Patriota informa que tomará as providências internas com o objetivo de averiguar se as alterações previstas no Projeto de Lei Complementar nº41/2021, de autoria da Deputada Estadual Célia Jordão, poderão vir a trazer prejuízos ambientais aos municípios integrantes da Região da Costa Verde e, em caso afirmativo, tomará as medidas administrativas e jurídicas previstas no Estatuto do Partido para coibir este tipo de comportamento oportunista e eleitoreiro que não contribui para a proteção do nosso planeta. (…) Denota-se que se trata de um ato político praticado de forma leviana na tentativa de prejudicar a imagem do Partido Patriota nas próximas eleições, que não contribuem para engrandecimento do mundo político”, afirmou a legenda por meio de nota.

Em suas redes sociais a parlamentar afirmou que “A ideia principal do meu Projeto de Lei 41/2021 é respeitar as regras de proteção ambiental para se estabelecer o desenvolvimento sustentável. Mas isso ainda vai ser objeto de bons debates na Alerj – Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro e nas audiências públicas.”

Segundo informações, no momento o Projeto de Lei encontra-se na Comissão de Constituição e Justiça da Alerj, aguardando uma análise de viabilidade do INEA.

Saiba mais:

Projeto de lei que quer municipalizar áreas de preservação em Angra dos Reis, no RJ, preocupa ambientalistas https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2021/10/15/projeto-de-lei-que-quer-municipalizar-areas-de-preservacao-em-angra-dos-reis-no-rj-preocupa-ambientalistas.ghtml

Link postagem Célia: https://fb.watch/8NOUw9cv_w/

Link postagem Patriotas: https://www.facebook.com/PatriotaRJ/photos/a.830943683679992/4384702964970695/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: